Follow by Email

Translate

Vem brincar comigo amor

terça-feira, 24 de julho de 2012

Manutenção

Meus queridos leitores, se perceberam dei uma reformulada no blog para facilitar a visualização de todos e ainda estou ajeitando aos pouquinhos meus amores.
Beijinhos gostosos...

terça-feira, 17 de julho de 2012

Transando com Julinho

Hoje me aconteceu uma coisa que acho que merece um relato no blog.
Depois de passa a noite inteira trabalhando no camerahot
Vou para a academia isso umas 6 da manhã, afinal para manter um corpo bonito tem que malhar e ter uma boa alimentação, mas voltando vou eu tomando o meu Whey e pensando no que iria fazer depois que malhasse. 
Quando de repente meu telefone começa a vibrar na calcinha, eu olho para o lado para o outro com medo de atender e atendo. Me surpreende a voz de um homem, com aquele sotaque gostoso de carioca que me deixa doidinha ai ai, me pedindo desculpas desde já por ter ligado tão cedo. Eu respondi; sem problemas amore o que deseja. Ele diz; olha princesa to acabando de chegar a aqui em João Pessoa e como só tenho compromisso a tarde queria alguém para me fazer um carinho. 
Continuando eu falo, pois não, não estava muito bem fui curta e direta. Ele sempre simpático fala; você é essa loirinha com carinha de ninfeta da foto. Olha, respondo você tá em que site. Ai ele diz o endereço do blog. Bem essa sou eu mesmo. Ummmmmmmmmmm delícia em? Olha que tal me fazer companhia essa manhã aqui no hotel que estou. Digo que posso ir, mas só depois de malhar. Ok princesa vem, quero você. Dito isso fez uma proposta maravilhosa; sou uma acompanhante de luxo não me venham com esmolas o que é bom é caro, e disse se for você mesmo te dou um presentinho que estou vendo aqui no free shop, agora tem que ser a ninfetinha da foto.
Eu louquinha fui malhar puxa daqui, abaixa de lá. Quando termina envio uma msg para ele confirmar. Ele me liga logo; oi ninfetinha to no Íbis aqui em Cabo branco pegue um táxi e venha pode ser. Eu digo; ok jaja chego. Ele diz; só vem bem discreta quero você como minha menina. Eu ok.
Tomo banho coloco um shortinho bem apertadinho, fico bem cheirosinha, pego um táxi e vou. Quando estamos chegando perto vejo um homem imenso, de regatinha e bermuda. Penso comigo delicia mãe queria que fosse ele, dito isso pego o celular para avisar ao cliente que estou chegando, logo o taxi se aproxima da frente do hotel, um sol maravilhoso eu de óculos de sol concentrada em ligar, de repente o taxista me cutuca e fala é aquele ali Lou, apontando para o cara que eu tinha visto. Levanto os olhos e vejo o carinha de blusa regata cinza sorrindo, atendendo ao telefone e vindo em direção ao taxi. Eu olho para Matias, o taxista, e com um sorrisinho amarelo falo, to ferrada toma o dinheiro e espera minha ligação mais tarde. 
Desço do carro ainda sem acreditar na visão que tenho na minha frente. Ele olha para mim e diz, com cara de assustado, caraca Lou gatinha em?, passa a mão na cintura e diz ; recebeu o antecipado que mandei para sua conta. Eu olho para ele e digo; primeiro bb bom dia né e recebi sim meu amor. Ai gatinha perdoa eu vai bom dia diz ele, e na entrada do hotel passa a mão no meu cabelo pegando-o como homem decidido e me da um selinho, nisso o boné dele bateu na minha testa kkkkk, ele olha sem graça e quando vai pedir desculpas , acho , coloco o boné para trás e dou é um beijo naquela boquinha linda. Quando termina ele olha e diz; tem piercing aiai. Eu fico preocupada e digo; machucou? Ele fala não é que é bom, nisso já estamos entrando no saguão do hotel e indo para os elevadores. 
Quando entramos no elevador tem um casal que entra conosco, ele passa a mão na minha cintura e me encaixa no meio das pernas entre abertas dele, segura meu cabelo e fala no ouvido; tem certeza que a mocinha ainda tem pintinho. Aquela voz de safado me arrepiou toda não tive como segurar uma encravada de unhas na coxa dele, ele percebendo continua falando no ouvido; um também to morrendo de tesão amor olha só, pega minha mão e quando levar para passar lá acho, o elevador para e abre a porta, ele me segura e diz ;mô chegou não percebeu, eu saio toda sem graça para fora.
Andamos no corredor agarradinhos um no outro sem falar nada, apenas eu sentindo aquele arfar de tesão dele e o cheiro de sexo no ar.
Ele passa o cartão e abre a porta e para tentar relaxar e descontrair pergunta; quer tomar algo? Eu coloco o dedo na boca dele e faço parar de falar tiro o boné e jogo para traz e dou aquele beijo naquela boquinha rosada, quente e gostosa. Ele num guenta pega no meu cabelo com força e segura ora minha cintura ora o bumbum, ficamos no beijando um bom tempo, não sei quantos minutos não cronometrei. 
Quando paramos quase sem folego ele olha pra mim e diz; vamos p cama. Olho para ele pedindo com os olhos, quase implorando para ele me carregar ele me puxa e fala; vem safada que na cama me ajeito com você. 
Voltamos a nos beijar na cama, sim antes coloco a bolsa no criado mudo e me jogo encima dele já deitado todo aberto para mim. Ficamos sarrando gostoso um tempo bom, logo não aguento e começo a tirar a camiseta dele não resisto da uma boa olhada naquele tanquinho trincado com uma tatu tribal no fim descendo para virilha, curiosa começo a tirar a bermuda do safado, escutando o arfar dele. 
Quando tiro a bermuda e vejo aquela cueca box coladinha com uma marquinha transparente nela, olho pra ele segurando o pau dele pelo lado de fora da cueca e digo; isso é pra mim é meu amor, ele com cara de puto não fala segura minha cabeça e tenta esfregar minha cara na cueca, eu olho para ele e digo; calma aqui quem tá em cima é eu fique quieto ora, e dou um beijo na cueca na marca da baba deixando uma marquinha do batom nela, ele disse depois que ia guardar de recordação. Nisso ele olha pra mim com cara de puto e fala; e é assim é pera, nisso me agarra e em um movimento brusco e rápido me gira ficando em cima, agora quem manda é eu vagabunda. 
Assim começa a tirar minha roupa com força, enquanto me mordia e lambia. Quando fico só de calcinha ele começa a me beija com tesão, me vira puxa ela de ladinho e enfia a língua no meu cuzinho não guento, gemo gostoso. Ele percebendo o meu tesão da uma tapa com força no meu rabo puxa meu cabelo e fala no me ouvido gostou né vadia. Eu não resisto me viro e taco um beijo na boca dele e o empurro para deitar na cama. 
Deitado olho para cara dele e pergunto; posso judiar ele olha para mim e fala; do jeito que to, to indefeso. Olho para ele e falo; isso é um sim né, como ele não responde digo; se ferrou e pego minha mão e com força saio arranhando aquele tanquinho todinho com minhas unhas, ele se contorce todo na cama segurando o travesseiro com força. Eu continuo aquela tortura; amo torturar adoro, porra é tudo to louca lembrando a cena; descendo até chegar na cueca tiro rápido e caio logo de boca naquele pau moreninho, macio todo babadinho. 
Chupo por um bom tempo escutando ele me xingar e gemer, logo dou uma encravada na parte interna da coxa dele e escuto um gemido forte, e sinto uma puxada brusca é ele me puxando para ficar em cima dele ele começa a chupar meu rabo e morder as beiradinhas segurando com força meu rabo ficamos assim um bom tempo ele se deliciando de meu rabinho e eu de seu pau. 
Depois de um bom tempo ele puxa meu cabelo e me manda sentar, põe a camisinha e fala; vai vagabunda senta no cacete do teu macho vai, começo e sentar, mas logo canso, olho para ele e falo não aguento fiz agachamento to toda doída , ele me olha com um sorriso sarcástico e sem tirar o pau do meu cu me coloca de frango assado e começa a bombar com força. Eu amo essa posição ,se pensa que vai judiar de mim bombando com força se ferrou, olho para cara dele e com carinha de puta digo; bomba com força e lá no fundo vagabundo, vai fode essa rapariga, vai porra e fico gemendo; de tanto tesão meu pau começa a sair uma babinha ele passa do dedo e fala; tu é uma rapariga mesmo né. 
E continuo gemendo e ele socando quando de repente ele me da um tapa na cara e diz; vou gozar PORRA, nisso fica bombando com mais força, e para quem não sabe meu cuzinho tem uma boa lubrificação então era ele bombando com força e escorrendo aquela babinha transparente e gelatinosa do meu rabinho, ele olha pra mim dizendo; toma vadia gala e da uma cuspida inesperada na minha cara e fico passada mas não ligo sentindo o pau dele se contrair em cada ejaculada que dava ,ele começa a me alisar e a me beijar em cima de mim esperando terminar de gozar. 
Quando termina olha para mim e diz; caraca olhando pra tu não se imagina que é tão foguenta e safada, delicia ninfetinha, agora vem que vou cuidar de vc. Me pega no colo e tomamos banho juntinhos. Ficamos conversando ele vai ao guarda roupa e pega uma caixa de bombons da Ferrero Rocher tome aqui seu presentinho, diz ele (adoro ser mimada viu), e termina de fazer o pagamento da segunda parte do acordo. Ficamos conversando, transamos mais uma vez mais ai se eu for continuar o post vai ficar muito extenso. Lógico que pedi permissão a ele para contar esse fato e ele deixou né Julinho, dono do uma rede de lojas de suplemento alimentar para atleta agora virou meu putinho né amor, já marcamos a data de talvez próxima foda; mas dessa vez será na cidade maravilhosa. 
Quem quiser estou aqui vem me ver ou entra em contato que viajo; mediante a deposito identificado com metade do combinado com antecedência fora o deslocamento e hotel. 
Beijos amores, espero que gostem e aguardo vocês quem sabe não terás o prazer de estar em meu blog com fotos ou relato claro se me liberar.
By Louise Monteaux.